Casa Rosa Casa Rosa

A Casa Rosa

Logo_CASAROSA

O casarão da Rua Alice, que começou suas atividades como um cabaré de luxo no início do séc. XX, agora é o principal centro cultural de Laranjeiras, com shows, eventos e oficinas

***

Ponto vital na história do Bairro das Laranjeiras, região nobre da cidade do Rio de Janeiro, e nas histórias de muitos que tiveram sua iniciação em seus famosos quartos, a Casa Rosa abriga hoje um movimentado centro de estudo e divulgação da cultura brasileira.

O casarão foi construído no início do século passado com o objetivo de agradar aos prazeres da alta sociedade, como comerciantes, políticos e coronéis. O cabaré de luxo funcionou até meados dos anos 80, onde viu seu declínio e consequentemente o encerramento de suas atividades, deixando senhores saudosos e divertidas lembranças de muitos que se emocionam ao entrar na casa atualmente.

No fim dos anos 90 a casa reabriu suas portas, desta vez como um centro cultural. Nesta época tiveram início as apresentações de músicos populares de forró, samba, jongo, coco e maracatu, assim com as oficinas de capoeira, percussão, interpretação e dança, entre outras.

Os eventos, sempre voltados para a divulgação da cultura popular, atraíram um novo público carente de atividades culturais na cidade. Os eventos se fortaleceram e geraram amigos e colaboradores para uma nova fase de criação de um Centro Cultural, que oficializou suas atividades em 2004.

Várias reformas foram feitas para atender melhor o público em geral, porém mantendo o padrão da arquitetura e respeitando o conceito e valor histórico do casarão.

Hoje, a Casa Rosa atende a todos os tipos de público através de suas diversas atividades e programação. Durante a semana recebe moradores do bairro e pessoas da comunidade local para suas oficinas, além de eventos de poesia nos fins de tarde e saraus.

Nos fins de semana tem uma agenda que conta com programação variada, de samba, forró, rock, MPB, chorinho além de música regional em eventos que reúnem pessoas de todas as idades.

Deixe uma resposta